Sobre nós

A ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE CAVALO MANGALARGA MARCHADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, ACCMMERJ, é uma instituição sem fins lucrativos, fundada nesta cidade do Rio de Janeiro, em 31 de Março de 1998, capital do Estado. A Sociedade durará por prazo indeterminado, regendo-se pelo seu estatuto e nos casos omissos, pela legislação em vigor.
 

DOS FINS SOCIAIS:

São objetivos primordiais da Associação:
  • Incentivar o criação do cavalo Mangalarga Marchador e a melhoria da raça. 
  • Congregar pessoas físicas e jurídicas, que se dediquem as atividades relacionadas com a criação de cavalo Mangalarga Marchador. 
  • Realizar isolada ou conjuntamente com setores governamentais, entidades particulares ou oficiais, exposições, feiras, leilões, seminários, convenções, conferências e congressos, tendo sempre como objetivo o cavalo Mangalarga Marchador. 
  • Promover provas zootécnicas e funcionais no sentido de divulgar as qualidades e aptidões do cavalo Mangalarga Marchador. 
  • Manter intercambio de informações com as sociedades congêneres nacionais e internacionais. 
  • Auxiliar e orientar os novos criadores de animais da raça e entidades coligadas. 
  • Promover, ministrar e incentivar cursos sobre equinocultura, em especial da raça Mangalarga Marchador, visando preparar e aprimorar a mão de obra especializada, para trabalho em campo. 
  • promover o congraçamento do associado e suas respectivas famílias, organizando com tal finalidade, reuniões sociais. 
  • assistir ao associado, representado-os, se necessário for, na defesa de seus interesses junto a ABCCMM e no fortalecimento do espírito associativo. 
  • contratar consultorias e criar todo e quaisquer serviços que, a critério de sua administração sejam necessárias para atingir suas finalidades. 
  • Efetuar, por delegação da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador ou do Ministério de Agricultura, eventualmente, registros e controle de registros, mediante documentação necessária e disposições legais da entidade concedente.
 
 

Resumo do Plano Diretor  da Atual Gestão:

  • Recadastramento e captação de sócios.
  • Interação maior com o conselho técnico.
  • Interação maior com os Núcleos Regionais, oficiais ou não e Clubes do Cavalo, apoiando-os individualmente e nos fortalecendo como associação, podendo incorporar regiões de outros estados em nosso calendário.
  • Promover aprimoramento dos criadores e peões, através de cursos diversos e frequentes.
  • Fomentar o mercado com um comércio de animais anexo as exposições, como leilões e feiras da raça, gerando uma relação mais estreita entre o criador e o usuário.
  • Incentivar os dias de campo, para uma maior interação entre os criatórios, visitas e reaproximação com antigos criadores e promover cavalgadas, tendo o cuidado de não conflitar as datas com exposições ou copas de marcha.
  • Tornar os eventos da raça mais atrativos, incrementando provas esportivas e provas sociais (Coronel, Colar de Ouro, e infantil), premiando o melhor conjunto.
  • Um olhar atento às instalações e serviços prestados nos parques de exposições, como: alimentação e banheiros para expositores e peões, principalmente o WC feminino.
  • Estimular e fortalecer o criatório de marcha picada.
  • Manter ativo a OUVIDORIA, disponível no site, para encaminhamento de sugestões, críticas e reclamações, via e-mail, que deverão ser discutidas a nível de diretoria e devidamente respondidas com presteza.